Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013

“Black-power” com o LG Maximo Black

Com uma espessura de somente 9,2 mm e pesando apenas 109 gramas, o LG Maximo Black possui ecrã LCD multi-touch capacitivo.
Disponível nas cores branca ou preta, utiliza a mais recente tecnologia NOVA Display (700 NIT), a qual, associada a um belíssimo ecrã de 4 polegadas, dá ao LG Maximo um brilho e leitura superiores sob qualquer condição de luminosidade. Melhora portanto significativamente a visibilidade e a nitidez dos conteúdos no ecrã, quer seja no interior como no exterior.
Ao seu design elegante e sofisticado, o LG Maximo Black alia ainda o sistema operativo Android 2.2 (actualizável para 2.3) a um conjunto de excelentes características como o processador de 1 GHz, 512 MB de RAM e 2 GB de memória interna.
A câmara fotográfica é de 5.0 megapixel com flash LED, auto focus, gravação de vídeo de alta definição (HD 720p) e ainda câmara frontal de 2 megapixel.
Wi-Fi, A-GPS e Bluetooth completam o lote de características. A bateria é de 1.500mAh.
No pacote de venda inclui-se a oferta de cartão de memória de 2GB, auricular estéreo e cabo de dados.

publicado por cockpitautomovel às 21:54
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012

A propósito do ZTE Blade e do ZTE Libra: Os telefones chineses são bons?

Os telefones chineses são de boa qualidade? Eis uma pergunta que assiduamente me fazem e a resposta nem sempre é fácil de dar. Sobretudo porque hoje em dia (quase) tudo é produzido na China ou lá perto! Até a consagrada Nokia praticamente desistiu de fabricar telefones, para assembler partes com as quais constrói aparelhos que comercializa, a Apple tem fábricas no Sudoeste asiático onde constrói o iPhone e, para ser honesto, entre os aparelhos que já me passaram pelas mãos, havia de tudo: bons e maus. Num dos textos prometi falar de um telemóvel que ainda hoje me dá prazer trabalhar com ele, cuja base serviu para as três operadoras portuguesas – TMN, Optimus e Vodafone – comercializarem aparelhos com a sua própria marca. Esse terminal é o ZTE Blade ou Libra, um dos smartphones mais versáteis e resistentes que conheci e que me acompanha para todo o lado. Vou cumprir a promessa e, no final do texto, irei explicar como desbloqueá-lo da operadora para fazer um “root” ao sistema. Isso servirá para retirar aplicações inúteis do operador e com isso libertar memória, ou poder instalar outras novas, úteis para gerir melhor este excelente telemóvel fabricado por uma marca chinesa.

LER + )
publicado por cockpitautomovel às 17:13
link do post | comentar | favorito

pesquisar

 
Quem Sou/O Que Faço

Há muitos anos que sou colaborador de uma grande empresa mundial de comunicações e que acompanho o lançamento de novos produtos ou a evolução das tecnologias da comunicação móvel. Comecei a escrever  para algumas publicações e agora decidi dar-vos o meu testemunho pessoal sobre a matéria. Espero que também participem dando as vossas opiniões e testemunhos sobre este tema.

Artigos Mais Recentes

“Black-power” com o LG Ma...

A propósito do ZTE Blade ...